Calculadora do portão das marés (Regra dos duodécimos)

Esta calculadora calcula portões das marés utilizando a regra dos duodécimos, estimando a altura da maré a qualquer momento, dados apenas o tempo e a altura da maré alta e baixa.

Esta calculadora calcula portões das marés utilizando a regra dos duodécimos para descobrir os tempos de abertura e fechamento de portões das marés.

A regra pressupõe que a vazão de uma maré aumenta suavemente até a metade do caminho entre a maré alta e a maré baixa antes de abaixar suavemente para zero novamente, e que o intervalo entre a maré baixa e a maré alta é de aproximadamente seis horas. A regra define que na primeira hora após a maré baixa, o nível da água subirá um duodécimo do alcance, na segunda hora dois duodécimos, e assim por diante, de acordo com a sequência - 1:2:3:3:2:1

A calculadora utiliza a regra dos duodécimos para descobrir horários pontuais e, em seguida, usa uma aproximação linear para encontrar o tempo de abertura e fechamento do portão das marés dentro do horário.

Observe que a regra é somente uma aproximação grosseira e deve ser aplicada com grande cuidado quando utilizada para fins de navegação.

Por exemplo, esta regra pressupõe que todas as marés se comportam regularmente; isso não é verdade para localizações geográficas, onde existem marés duplas altas ou marés duplas baixas. Essa regra também infere que o período entre as marés alta e baixa é de seis horas, mas essa é uma estimativa subestimada e pode variar de qualquer maneira.

Tábuas de marés produzidas oficialmente devem ser usadas preferencialmente sempre que for possível.

PLANETCALC, Calculadora do portão das marés (Regra dos duodécimos)

Calculadora do portão das marés (Regra dos duodécimos)

:
Tempo de abertura do portão das marés
 
Tempo de fechamento do portão das marés
 
Duração do portão das marés
 
Regra dos duodécimos
O arquivo é muito grande; pode ocorrer lentidão do navegador durante o carregamento e a criação.

URL copiado para a área de transferência
PLANETCALC, Calculadora do portão das marés (Regra dos duodécimos)

Comentários